São Miguel dos Milagres

sao-miguel3-mark
Amanhecer visto da Pousada Corais dos Milagres

São Miguel dos Milagres foi o local que escolhemos para comemorar o meu aniversário que aconteceu no último final de semana, isto é, no último final de semana de janeiro de 2017. Fomos de carro pela BR-101 e em Água Preta voltamos para a PE-60 que é a via litorânea. Já a pegamos após Tamandaré, isto é, não pegamos o trânsito desta cidade de Tamandaré, nem de Porto de Galinhas que, agora nas férias, devia estar um caos. Alongou um pouco a viagem mas creio que valeu a pena.

sao-miguel-milagres1-mark
Ao chegarmos em Japaratinga, já em Alagoas, pegamos a balsa para atravessar o rio que leva até a via litorânea propriamente dita, onde se viaja com o mar ao nosso lado, a poucos metros de distância, ao longo de quase toda a via. Só esta viagem com esta visão deslumbrante já vale a pena. Deixo a seguir uma pequena amostra do que encontramos.

sao-miguel19-mark

Em Japaratinga encontramos um hotel maravilhoso e, logo após, atravessarmos a balsa. Nome do hotel? Hotel Bitingui, no qual entramos para avaliar visando futuras viagens. Preço ótimo, acomodações maravilhosas e uma vista extraordinária. Tomei até uma cerveja lá para já entrar no espírito das comemorações. Veja a seguir uma foto do local.

sao-miguel1-mark
Após cerca de uns 40 minutos, seguimos viagem para São Miguel dos Milagres que fica a cerca de uma hora e meia de onde estávamos. Só não ficamos onde estávamos pois já tínhamos reservado e pago uma pousada em São Miguel. A viagem após Japaratinga já não fui mais dirigindo pois havia bebido uma cerveja e poderíamos ser parados no meio do caminho.

sao-miguel2-mark
Gastamos ao todo,cinco horas de viagem, incluindo as paradas para tomar café e depois no hotel em Japaratinga, De viagem efetiva foi cerca de 4 horas. E olhe que pegamos o caminho mais longo. Pela via litorânea sem trânsito a viagem dura cerca de 3 horas e meia. Ao chegar fiquei logo irritado pois, após vermos aquele hotal maravilhoso em Japaratinga nos depararmos com uma pousada árida e sem nenhum atrativo, me decepcionei.  Fiquei mais irritado ainda pois após estacionar o carro, tivemos que tirar o carro novamente para podermos tirar as malas pois não havia ligação entre o estacionamento e a pousada ou, a ligação era saindo do estacionamento para a rua para poder entrar na pousada. Depois mais um motivo para me estressar: nosso quarto era no primeiro andar e tínhamos que subir uma escada horrível em caracol apertadíssima. Levando as malas pesadas e grandes. Foi horrível. Mas depois, tudo mudou graças à simpatia dos donos da pousada – Paulo e Luana. Eu nunca encontrei pessoas tão maravilhosas. Eles foram simplesmente fantásticos. Foram tão maravilhosos que chegamos a esquecer os pontos negativos da pousada. Quais foram?

  1. o banheiro hiper, hiper, hiper apertado. Note na foto abaixo a distância entre a bacia e a parede de um lado e entre ela e o box do outro. De um lado é apenas uns 10 cm. Não mais que isso. Do outro não passa de 20cm. Era extremamente desconfortável.
sao-miguel-milagres12-mark
Visão da bacia do banheiro

2. A escada muito estreita em caracol.

sao-miguel-milagres11-mark

Nome da pousada? Corais dos Milagres. Inclusive, foi graças a Luana que descobrimos e desfrutamos dois dos melhores restaurantes de São Miguel dos Milagres. Eu já conhecia o lugar mas da primeira vez, havia ficado num hotel de primeira, que ficava à beira-mar. Não mais recordo o nome.
Estávamos com fome pois já eram 13 horas e, por recomendação de Luana, fomos comer uma peixada no Quiosque no Massau que fica na praia do Porto da Rua.

Fomos conhecer a praia e Tatuamunha que fica a cerca de meia hora da pousada e também, a praia da Barra de Camaragibe que fica a uns 15 minutos da pousada sendo para o lado oposto. Lá tomamos conhecimento de uma praia conhecida como a mais bela do litoral norte de Alagoas mas não fomos até lá pois precisava andar cerca de 45 minutos ou uns 20 minutos de bicicleta depois de atravessar numa canoa um braço de rio.

sao-miguel-milagres4-mark

No dia do meu aniversário foi a grande surpresa.Tínhamos comprado algumas Heineken que é a única cerveja nacional que me dá prazer tomá-la e eu tinha decidido ficar na pousada contemplando a bela paisagem, tomando minha cervejinha para comemorar o meu niver. Foi quando os donos da pousada souberam o que eu estava comemorando e mandaram para o quarto um balde de inox com gelo e duas cervejas Eisenbahn. Embora eu prefira a Heineken, ela é uma cerveja diferenciada e o gesto me deixou muito agradecido. Como continuamos lá em cima no quarto, eles levaram após uns quarenta minutos, uma posta de cavala branca frita e alguns  camarões, o que me deixou comovido e emocionado. Nunca tinha sido tratado desta forma em nenhum hotel onde tenha me hospedado. E olhe que viajo muito. Já me hospedei em dezenas ou centenas de hoteis no mundo todo.mas fiquei maravilhado com o tratamento.

sao-miguel-milagres5-mark

Resolvemos sair para almoçar após comermos o tira gosto do presente e eles nos indicaram dois restaurantes que, segundo eles, são os melhores de São Miguel dos Milagres. O primeiro, onde um casal de paulistas tomava conta, tinha fama de ser o melhor e o outro tinha um chef de lá mesmo de São Miguel que comandava uma cozinha de primeira. O do casal de paulistas era No Quintal que precisava reservar para ir. Como já era mais de meio-dia, resolvemos deixá-lo para a noite e iríamos almoçar no Buda do Bistrô, que era comandado por um chef de lá mesmo.

Ligamos para reservar para a noite no Quintal e soubemos que não funcionava nos domingos à noite. Mudamos então os planos. Fomos até lá nem que fosse só para conhecer e à noite iríamos para o Bistrô. Como já tínhamos comido o peixe e os camarões oferecidos por Paulo e Luana, estávamos, até certo ponto, saciados. Fomos conhecer o No Quintal.

Placa na entrada da rua que leva ao restaurante
Placa na entrada da rua que leva ao restaurante

Nos surpreendemos ao chegar lá. Um lugarzinho aconchegante, agradável, escondido no meio do mato. Lindo! Sofisticado e bem frequentado. Estava lotado mas, tinha uma mesinha num canto para dois desocupada. Dirigi-me para lá e já ia me sentando quando um garçon chegou e perguntou se podia me ajudar. Respondi que queria uma cerveja. Ele disse: o senhor pode aguardar um pouco? Esta mesa está reservada para aquele casal que já estava esperando, e apontou para um casal sentado numas cadeiras que estava se levantando. Bola fora, pensei. Bom, pedi desculpas e perguntei se podia sentar em algum lugar pois, as cadeiras que o casal estava já tinham sido ocupadas por outro casal. Ele disse: infelizmente não temos mais cadeiras mas vocês podem ficar em pé ali num cantinho. Dirigimo-nos para o tal cantinho e, poucos minutos depois o mesmo garçon veio até nós dizendo que aquele casal tinha preferido ficar onde estavam antes e a mesa estava desocupada e que podíamos ir para lá. Parecia que o meu aniversário estava sendo comemorando também com aquele presente.

sao-miguel14-mark

sao-miguel8-mark

sao-miguel7-mark

Fomos para lá e pedimos uma Heineken, um suco e um prato de lagosta que veio com uma farofinha de pão crocante e purê de jerimum. Deliciosa! Tomsmos também dois cálices de vinho do Porto para brindarmos a data comemorativa e comemos um Petit Gateau.

sao-miguel10-mark

sao-miguel9-mark

sao-miguel-milagres8-mark

sao-miguel-milagres9-mark

Uma coisa tenho a criticar neste restaurante. Como é que um local sofisticado e caro como este (a média dos preços é de R$ 70,00). Tem prato de até R$ 130,00. E como é que servem uma cerveja Heineken (que lá custa dez reais a long neck) com um copo americano??? Achei um absurdo! E por esta razão, tomei a cerveja na garrafa. Vejam a comprovação na foto a seguir.

sao-miguel-milagres6-mark

A água é servida em taças mas, uma cerveja Heineken num copo americano ! ! ! Inacreditável.

Bem, mas o local é maravilhoso, apesar desta falha imperdoável. À noite, fomos como combinado, jantar no Buda do Bistrô. Um local que não se dá nada por ele. Acanhado, embora aconchegante. Só tem 3 mesas na parte interna e uma ou duas na parte externa. Pedimos um camarão ao molho de manjericão. Maravilhoso! A cozinha de lá dá de dez a zero na do Quintal. O chef é mesmo notável.

sao-miguel15-mark

Bem, você terá muita coisa a conhecer por lá. Belas paisagens, praias ainda quase intocadas, bons lugares para comer e um clima de lugar inexplorado. Maravilhoso! Se gostou da postagem, deixe um comentário. Se não gostou, deixe também. Conte a sua experiência. Agradeço.

Anúncios