Mais conhecida por Floresta, esta cidade do sertão pernambucano fica a 433 km da capital, isto é, a uma distância praticamente idêntica à de Triunfo a Recife. A diferença é que, para chegar a Floresta, indo de Recife para Triunfo, um pouco depois de Arcoverde, deve-se dobrar à esquerda para ir para Floresta, e seguir em frente, para ir para Triunfo por mais cerca de 150 km. E de Arcoverde para Floresta são cerca de 160 km, ou seja, as distâncias entre Recife e as duas cidades são praticamente as mesmas.

floresta5
Por do sol chegando em Floresta com a visão de um Mandacarú à esquerda

Floresta é uma cidade muito gostosa, com aquele espírito de cidade antiga, onde as pessoas ainda colocam as cadeiras nas calçadas e ficam conversando à noite sob a luz das estrelas. O clima é muito quente, podendo chegar aos 40ºC mas, em julho, pode ficar abaixo dos 10ºC. A questão é que lá praticamente não chove. A precipitação pluviométrica é baixíssima. Cerca de 1 mm por ano no verão.

floresta2
Arquitetua de uma rua tombada no centro de Floresta

A cidade é muito agradável e tem muitas belezas. Infelizmente passamos apenas um dia por lá. E perdemos uma noite toda pois o carro deu uma pane da bateria e, como viajaria no dia seguinte de madrugada, tive que sair em busca de um local para comprar outra. Felizmente, graças à ajuda da amiga Joseli Sá, na casa de quem ficamos hospedados, pediu ajuda a um vizinho que conhecia um dono de loja de baterias para pedir que ele abrisse a loja num domingo de noite com todo o comércio já fechado. Mas é uma cidade que pretendo voltar um dia pra desfrutá-la melhor.

floresta9
Sentados à sombra de uma bela árvore numa rua do centro

No centro da cidade há uma pracinha linda! Numa de suas extremidades encontra-se a bela catedral e, no meio da praça, vemos o famoso coreto onde as bandas de música tocam para o púbico em cerimônias cívicas. Inclusive existe uma música muito famosa do poeta João de Barro – Tem gato na tuba – que num dos seus versos fala do coreto. “Todo domingo havia banda no coreto do jardim…” A praça é agradável e bonita. Bem arborizada, com bancos para as pessoas sentarem e também um busto que não recordo mais de quem é.

catedral
Catedral de Floresta
coreto
O coreto do jardim

Almoçamos na Churrascaria Amigos do Bode que, infelizmente, em virtude de a cidade estar com uma superpopulação que tinha ido fazer um concurso, não teve estrutura para atender aquela demanda e ficou muito a desejar não só no atendimento como também na comida. Também deixamos de visitar a Pedra do Navio, famosa pedra em forma de um navio que existe na localidade e que deu o nome à cidade pois ela fica na zona rural, muito afastada do centro e não teríamos tempo para ir.

floresta3
Almoço na Churrascaria Amigos do Bode em Floresta

Ficamos pelo centro mesmo conhecendo a arquitetura das casas, e colhendo tamarindos na rua para fazer suco. Foi um passeio agradabilíssimo!

floresta8
Nascer do sol na saíde de Floresta voltando para casa
floresta7
Entrando no túnel antes de Gravatá – PE na ida para Floresta
tamarindos
Colhendo tamarindos em uma rua no centro de Floresta

 

mercado-publico
Mercado Público de Floresta

 

cadeiras na calçada
Cadeiras na calçada para conversar à noite

 

floresta10
Jantando na casa de Joseli que nos recebeu muito bem em Floresta

 

A seguir, um álbum com algumas outras fotos interessantes da cidade.

Anúncios