alberto-la-moneda-doc

Santiago é a capital do Chile e se localiza próximo da Cordilheira dos Andes e, no inverno, é um local maravilhoso para esquiar na neve. No verão, sua temperatura média é de 20°C embora sofra grandes variações, podendo facilmente ultrapassar os 30ºC durante o dia, e atingir 12ºC de madrugada. Já no inverno, as temperaturas caem muito, ficando numa média de 9ºC, podendo atingir facilmente 0ºC ou mesmo abaixo disto. O fuso horário é o mesmo de Recife.

Viajei para lá em março de 2013 pela CVC e foi uma viagem maravilhosa! Voamos pela TAM. Passamos cinco dias e visitamos duas cidades muito famosas e imperdíveis: Valparaíso e Viña del Mar além de visitarmos também uma estação de esqui “Valle Nevado”, embora sem neve .pois fomos no verão e uma vinícola.

alberto26

Nesta postagem falarei apenas de algumas dicas sobre Santiago e, posteriormente, falarei das outras visitas que fizemos. Quando tiver postado sobre as outras visitas, colocarei um link aqui para quem quiser visitar. Na foto abaixo, estou almoçando no Mercado Central de Santiago.

Alberto25

alerta1-SCV

Antes de qualquer coisa, quero fazer um alerta sobre os taxistas de Santiago. Procure, sempre que possível, escolher os taxis indicados pelos hoteis ou restaurantes que frequentar pois eles já tem cadastrados taxistas honestos. Se for pegar na rua, fique muito atento pois é comum o golpe da troca da cédula. Eu fui enganado desse jeito. Consiste no seguinte: o taxista encontra alguma forma de fazer a troca da cédula que você deu a ele por outra de valor inferior, dizendo que você deu aquela de menor valor a ele. Por exemplo: A corrida custou 5800 pesos. Você dá ao taxista 10 ou 20 mil pesos, para receber o troco. Ele sempre para num local escuro que não dê pra você enxergar muito bem e não acende a luz do carro. Ele vai dizer a você que você lhe deu 1000 ou 2000 pesos e que falta o restante do dinheiro. Você ficará na dúvida e termina pagando o restante, além de ter perdido 10 ou 20 mil pesos. É um golpe muito frequente. Outro golpe é eles manipularem o taximetro para que os valores aumentem em saltos maiores do que o normal. Por exemplo: é pra aumentar em valores de 100 pesos e eles regulam para aumentar de 1000 em 1000 pesos, o que fará a corrida dar um valor muito acima do que o que deveria dar.

No primeiro caso a saída é você olhar bem o valor da cédula que está entregando, e falar pra ele que está dando aquele valor e pedir pra ele repetir só largando a cédula, depois que ele o fizer. No segundo caso, procure saber o valor de incremento nos taxis antes de pegar algum. Se o incremento for maior, peça pra descer e pegue outro taxi.

Agora vamos às dicas (orientações):

A primeira coisa a saber é sobre a documentação. Como já falei anteriormente aqui neste blog em uma postagem anterior, para viajar pelos países da América do Sul não é necessário levar passaporte mas, sugiro enfaticamente que você leve. A carteira de identidade, pode ser recusada por qualquer fiscal alfandegário ou guarda de fronteira e você será barrado e não poderá concluir seu passeio. Basta que algum deles cisme com você e diga que sua foto não é atual, que o estado de sua carteira não está adequado, ou qualquer outra desculpa. Além disso, só as carteiras de identidade emitidas pelas Secretarias de Segurança Pública são válidas fora do país. Não tem nenhum valor as identidades emitidas por outros órgãos como Ministério da Defesa, Órgãos de classe, etc. Você estando com seu passaporte dentro da validade, ninguém poderá recusá-lo e você não terá contratempos.

peso-chileno3-2 peso-chileno-1

A segunda coisa é o dinheiro. A moeda do Chile é o peso chileno, muito desvalorizado. Não compensa levar pesos na viagem. Mais vantajoso levar dólares e lá trocar o que for necessário. As pessoas até preferem receber em dólar mas, é bom ter alguns pesos para pagar coisas pequenas como lanches, deslocamentos, etc. Atualmente R$ 1,00 vale cerca de 220 pesos chilenos.  Se tiver cartão internacional, precisa, antes de sair do país, validá-lo para saques no exterior. Caso haja necessidade, você saca o necessário em pesos chilenos. Saque apenas o necessário, para não sobrar pesos evitando assim, perder dinheiro.

A terceira coisa é o roteiro. Tudo vai depender do tempo que você pretende passar lá. O voo de Recife para lá teve uma conexão em São Paulo. Fomos pela TAM partindo de Recife às 2h 15min do dia 07 de março de 2013 e chegando no Chile em torno de 13h. A duração da viagem é em torno de 7 horas além do tempo da conexão. Entre São Paulo e Santiago o tempo de viagem é em torno de 4 horas. Veja então que o tempo de viagem não compensa você ir pra passar um dia ou um final de semana e voltar. Programe-se para passar, no mínimo quatro noites e três dias. Você precisará conhecer os pontos turísticos principais de Santiago, visitar Val Paraiso e Viña del Mar, visitar uma estação de esqui e uma das vinícolas pelo menos. Alem de fazer compras e sair à noite para conhecer o restaurante giratório. Tudo isto você não faz em menos de três dias. Nós passamos cinco. Saimos de lá no dia 12 de março às 13h 30min.

Alberto-atravessando-rua

E a última coisa é o hotel. Há vários hoteis em Santiago para você escolher. Ficamos no Hotel Diego de Velasquez, no cruzamento das ruas Diego de Velasquez e Guardia Vieja no bairro da Providência, região central de Santiago. A apenas dois quarteirões do restaurante Giratório e a apenas 5km do Palácio La Moneda. O hotel é muito bom com um excelente café da manhã. Uma belíssima fotografia na parede torna a refeição ainda mais agradável.

Para escolher o hotel, sugiro que procure no Booking (caixa ao final desta postagem) algum localizado em uma das três opções a seguir:

  1. Bairro da Providencia que é muito bem localizado e com um  comércio bem estruturado. O hotel que ficamos, o Diego de Velasquez, fica bem próximo do Shopping Costanera, local onde comprei muita coisa barata e de boa qualidade.
  2.  Bairros Bellavista ou Lastarria,  próximo às estações do metrô Universidad Católica ou Baquedano  pois estará próximo aos  focos de vida noturna de Santiago.
  3. Bairro El Golf, localizado na parte moderna de Santiago, é um bairro luxuoso, descontraído e agradável. Lá você encontrará os mais altos edifícios da cidade, restaurantes de excelente qualidade e culinária variável, alem do charme do local.

Bem, vamos aos pontos turísticos principais de Santiago.

Na foto anterior, estou atravessando uma rua nas proximidades do Mercado Central, onde almoçamos em um dos dias. Na foto abaixo, estou almoçando em um restaurante japonês nas proximidades do Hotel onde nos hospedamos. Observe que é no meio da rua  que as mesas ficam. Muito agradável embora a comida não seja muito boa.

Alberto-restaurante-japones

Então, o primeiro ponto turístico que você deve visitar é o Palácio La Moneda, onde está instalado o Governo do Chile, isto é, a sede da Presidência da República onde, em dias alternaAlberto_troca_guardados, há uma cerimônia da troca da guarda presidencial, que é muito interessante. Na foto ao lado, vocês podem ver, ao fundo, o desfile que acontece contornando a praça, logo após a cerimônia da troca da guarda.  É uma cerimônia imperdível que tem início às 10 h. Na primeira foto deste post, pode-se ver o palácio ao fundo.

centopeia

Outro ponto turístico imperdível e bem próximo do Palácio La Moneda é o Mercado Central onde você poderá almoçar e também fazer compras, desde frutas típicas, sourvenires e até artesanato. Não deixe de experimentar a centolla, uma espécie de caranguejo gigante (foto). Lá é onde tem a melhor centolla de Santiago. Reserve pelo menos umas 3 horas para passar por lá e conhecer tudo.

cerro-santa-lucia

Visite também o Cerro San Cristóbal e o Cerro Santa Lucia. São dois morros de onde se pode ter belas vistas da cidade. Do alto do Cerro Santa Lucia você pode ver a Cordilheira dos Andes e tirar ótimas fotos da cidade além de ver uma fonte que imita a famosa Fontana di Trevi em Roma. A subida leva cerca de meia hora mas vale a pena pela vista panorâmica da cidade. O Cerro San Cristóbal pode-se subir a pé ou em um trenzinho que você compra a passagem de ida e volta. É baratinho. No alto deste morro está a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Na foto o Cerro Santa Lucia.

Bairro Bellavista é um ótimo local para ir à noite e fica próximo do Cerro San Cristóbal. Visite o restaurante Como água para chocolate. Um lugar muito frequentado por brasileiros. O bairro tem muitos restaurantes, bares e lojas.

Há também museus e igrejas para visitar mas não vou escrever nada aqui sobre isso.

giratorioPor último, deixo o Restaurante mais diferente que já visitei – o Giratório Restaurant. Fica no último andar de um edifício na av. 11 de Septembre, 2250 no bairro da Providência. Faça reserva pois, pode não encontrar mesa, especialmente as das janelas que são os locais realmente emocionantes. O restaurante gira 360° e você pode ver toda a cidade sem levantar da mesa. Não se preocupe em ficar nauseado. O giro é muito lento e quase imperceptível mas, em cerca de 1h ele dá um giro completo. Comida excelente. Compensa o preço que não é muito barato mas, nada fora do padrão.

giratorio1

Anúncios