Rio de Janeiro – RJ.

Cidade que já foi a capital do país e é, ainda hoje, uma das mais famosas cidades do Brasil. Sua beleza e seus encantos se espalharam pelo mundo e hoje o Rio tem fama ao nível de cidades como Paris, Roma, Londres  ou Nova Iorque embora esteja apenas no 35º lugar no ranking mundial das cidades mais visitadas..

Viajei pela Gol e quero aqui registrar minha satisfação com a correção e pontualidade dos voos. Na ida o voo saiu rigorosamente dentro do horário e na volta saiu até antes da hora. Nota dez pra correção da tripulação e do respeito aos passageiros. Alem disso, quero registrar que o espaço entre uma poltrona e outra é bastante adequado e confortável, ao contrário do que ocorre em outras companhias onde se o passageiro da frente reclina a poltrona, suas pernas ficam fora do espaço e você precisa se levantar pra poder permanecer no avião. Parabéns à Gol por adequar poltronas ao conforto dos seus passageiros.

No Rio fiquei no hotel Ibis Centro, localizado na rua Mal. Câmara, 580 – Centro, RJ. Fica próximo da Praça Tiradentes e a poucos metros da Lapa.
Tive uma péssima experiência no hotel. Ao chegar, às 23 horas, não encontrei a cama forrada nem com lençol para cobrir. Liguei para recepção, e durante 180 segundos, isto é, 3 minutos, contados no relógio, fiquei aguardando atendimento em vão. Tive que colocar uma roupa pra descer e pedir um lençol. Lá na recepção, o atendente me informou que o lençol de cobrir era o edredom e eu disse a ele que não tinha no quarto nenhum edredom. A impressão que deu foi que pegaram um quarto que acabara de ser desocupado por algum hospede e me entregaram sem arrumação pois, também não tinha no banheiro nem mesmo sabão para lavar as mãos. Apenas tinha um desses tubinhos de shampoo. Após fazer a avaliação da estadia no formulário que me foi enviado pela internet, recebi uma mensagem muito atenciosa do Diretor Geral do hotel desculpando-se e oferecendo como cortesia uma diária no estabelecimento para eu tirar a má impressão que ficara. Não sei se isso vai adiantar alguma coisa mas, pelo menos mostra alguma preocupação com o hóspede.

O quarto é muito apertado, o barulho de fora é grande, refiro-me aos ruídos feitos por outros hóspedes e funcinários, o café da manhã não está incluído na diária e é de péssima qualidade, o banheiro é um ôvo e, a qualidade do serviço é a pior possível.

O café da manhã, pelo qual cobram quase R$ 20 nem leite tem. É Molico que é oferecido pra você fazer com água quente.

Vamos ver se após minha estadia oferecida como cortesia essa opinião vai mudar.

Cheguei numa quarta-feira à noite e viajei pra Paraty na sexta-feira pela manhã, tendo ficado portanto hospedado no hotel do dia 23 à noite até o dia 25 às 6 horas da manhã, quando saí pra rodoviária pra pegar o ônibus que sairia para Paraty às 7 horas.

Após o final de semana que passei em Paraty (será criado um post sobre esta viagem em breve), voltei ao Rio na segunda-feira, dia 29 à noite. Desta vez, evidentemente, não mais me hospedei no hotel Ibis mas, também não foi muito boa a experiência no Rio’s Nice Hotel, localizado na rua Riachuelo, nº 201 – Centro, também perto da Lapa. No hotel não funcionava a internet, o banheiro era menos que um ôvo, conforme prova a foto do box aí ao lado e, pra culminar, encontrei embaixo do meu travesseiro, um carrapato. Isso mesmo! UM CARRAPATO! Pelo menos o café da manhã era razoável.

Pensam que a diária foi de menos de R$ 50? Não! Foi de R$ 220,00 (duzentos e vinte reais). A única coisa realmente boa que ele tinha era a localização.

Uma coisa importante: se você tem algum compromisso no Rio, saia com pelo menos uma hora antes e, dependendo do horário, saia com duas ou três horas antes. Na volta de Paraty, chegamos no Rio por volta das 17 horas, isto é, entramos na av. Brasil por volta deste horário. Para se deslocar cerca de 1 km, o ônibus gastou mais de duas horas! Duas horas!!! Cerca de 120 min para se deslocar menos de 1 km. Tudo parado! Travado. Incrível.

AVISO

Esta postagem é cópia da postagem publicada no blog Verdades de um Ser, de minha autoria, na aba Verdades de outros horizontes [Dicas de viagem] que agora estou transferindo para este blog em virtude da separação de matérias. Aqui no blog O seu companheiro de viagem constam postagens exclusivamente sobre viagens. E, gradativamente, estarei transferindo as postagens com esta matéria do blog Verdades de um Ser para cá.

Anúncios