Busca

O seu companheiro de viagem

Para quem gosta de viajar

São Paulo – Capital – SP


Estive em São Paulo, Capital, entre os dias 08 e 15 de maio de 2017. Viajei pela Gol e curti a capital paulista de modo diferente das outras vezes que tinha estado lá. Andei muito por muitos lugares que antes não visitara como, por exemplo, o Parque do Ibirapuera, onde passei uma tarde agradabilíssima. Tirei fotos, visitei o Planetário, caminhei muito.

Visitei também, ao longo de uma semana que durou a minha estada, alguns barzinhos muito chiques e tomei diversos cafés em algumas das muitas cafeterias encontradas. Uma dessas cafeterias que se destaca é a Santo Pão Boulangerie, localizada na rua Pe. João Manuel, 968 no bairro dos Jardins. É uma cafeteria no estilo francês muito simpática. Veja abaixo a foto de onde fiquei. Note o detalhe dos candeeiros na parede. O interior é também muito agradável mas preferi ficar do lado de fora contemplando a paisagem, num dia muito lindo em São Paulo.

Caminhei pela av. Paulista inteira, pelas ruas Augusta e Oscar Freire onde, nesta última, encontrei uma verdadeira mina de ouro para mim, que tenho dificuldade para comprar sapatos em Recife.

Alerta sobre uma péssima loja

E por falar em sapatos, quero aqui alertar aos desavisados sobre uma empresa que vende sapatos pela internet – a Doctor Pé. Fujam dela.  Fiz uma péssima compra nesta loja. Comprei uma sandália por mais de duzentos reais que dizia ser para pessoas com pés grandes mas, ao receber o produto, tive que mandar um sapateiro fazer uma adaptação. E pior. Seu solado é de casinha de boneca. É extremamente estreito. Mal cabe o dedão do pé. Um sapato normal tem o seu solado com cerca de 11 a 11,5 cm de largura. Este tinha 10,3 cm. Não estou exagerando.

Loja de sapatos especiais

Bem mas isso foi pra dizer e avisar a quem tem a mesma dificuldade que eu tenho, que existe em São Paulo – capital, uma sapataria localizada na rua Oscar Freire, que vende sapatos de números altos. Ela é especializada nisso e só vende sapatos entre os números 44 e 50 para homens ou entre 40 e 43 para mulheres. Trata-se da Sapataria Eurico Max. Há uma outra Eurico em Moema. Vale a pena conhecer. E ela vende também pela internet. Clique no link. Comprei três pares de sapato para mim. O preço é um pouco acima das lojas convencionais mas, pagaria até o dobro para ter um sapato que calce bem e do meu tamanho. Calço 47.

Mas voltando aos passeios que você pode fazer em São Paulo – Capital.

Passeios que vale a pena fazer em Sampa

Parque do Ibirapuera

É um imenso parque na região de Moema. Junto ao parque, na praça Armando de Sales Oliveira, encontra-se a famosa obra arquitetônica do Monumento às Bandeiras. O parque é uma imensa área verde com muitas atrações em seu interior. Dentre elas destaca-se o Planetário e o Pavilhão Japonês. No Planetário você poderá ver gratuitamente, o céu de São Paulo e conhecer alguma coisa sobre astronomia em sessões aos sábados, domingos e feriados nos horários de 10 h, 12 h, 15h e 17 h. Os ingressos podem ser obtidos gratuitamente na bilheteria do local uma hora antes do início da sessão. Nos meses de janeiro, fevereiro, julhe e dezembro, sessões de quarta a domingo e feriados.

Aquário de São Paulo

Um espetáculo muito bonito e interessante principalmente para crianças. Mas certamente, adultos também apreciarão muito. Localizado nas proximidades do Metrô Santos-Imigrantes, Linha Verde. O Aquário fica a poucos metros da estação. O ruim é porque é uma ladeira ao longo de quase toda extensão. O preço é um pouco salgado mas vale a pena pela variedade de animais que você verá. Inclusive um casal de ursos polares, muitos pinguins e cangurus.

 

Bairro da Liberdade

Para quem aprecia a cultura japonesa, esta é uma visita imperdível. E se você gosta de comida japonesa recomendo que reserve um dia, de preferência antes do final se semana pois o preço é mais barato, para visitar o restaurante Tanka. Fica no 1º andar de uma galeria na saída da estação do metrô. A única desvantagem é porque não é servido na mesa. Você tem que levantar-se para pegar a comida que é servida como buffet. Mas a variedade é enorme e a qualidade da comida é ótima.

Rua 25 de março

Para fazer compras não existe lugar melhor. Là você encontrará de tudo e a preços bem populares. Se tiver um tempinho, não deixe de ir no 9º andar da Loja Niazi para tomar um cafezinho e comer alguma coisa descansando um pouco do estresse de caminhar no meio de uma multidão. Lá encontrei uma ótima oferta de malas. Comprei uma grande para poder trazer as coisas que comprei como os três pares de sapato da Loja Eurico Max. Abaixo uma foto com a visão da 25 de Março, tirada da janela da lanchonete da casa Niazi no 9º andar.


Mercado da Cantareira

Outro passeio imperdível é no Mercado da Cantareira, onde você encontrará as comidas mais variadas e poderá provar gratuitamente uma dezena de frutas da época que lhe serão oferecidas pelos vendedores nas barracas. E não deixe de aproveitar para tomar uma cerveja bem gelada e comer um delicioso e avantajado bolinho de bacalhau no bar Hocca que fica no primeiro andar.

Bar da Dona Onça

Um barzinho no centro de São Paulo, na av. Ipiranga no edifício Copan, muito conhecido em São Paulo. O bar é muito concorrido e você tem que ficar um tempo do lado de fora esperando. Mas, enquanto espera, pode tomar uma cervejinha com algum tira-gosto. Lá dentro você avista logo o lema do bar: “Durante todo o tempo que você permanecer aqui seremos responsáveis pela sua felicidade.” Achei isso genial. E eles são responsáveis mesmo. Marlene, a garçonete que nos atendeu, foi atenciosíssima. Comi uma rabada e bebi, além de duas cervejas um drink maravilhoso – Negroni – à base de Gim, Vermute Rosso e Campari. Abaixo algumas fotos do local. A primeira é na parte externa onde aguardamos nossa vez de entrar, a segunda é já no interior almoçando e a terceira é o flagrante de uma coisa que só vi lá neste bar: o café é coado na mesa. Achei isso fantástico!

 

Brasília – DF


Brasília é a capital do Brasil. Fundada em 1960 por Juscelino Kubitschek. A sua pedra  fundamental foi lançada em 1922, ano do centenário da independência do Brasil. Isto foi proposto pelo Deputado Americano do Brasil. Sendo assim, ao contrário do que muita gente fala, e inclusive, foi assim que aprendi nas aulas de História no colégio, Juscelino não foi nada do visionário que se propaga. Brasília já estava idealizada desde 1891, quando foi promulgada a Constituição de 1891. Juscelino não tinha nem nascido nesta época. Por uma coisa, porém, ele é responsável: a contratação de Oscar Niemeyer para a idealização da cidade. Um futurista que presenteou os brasileiros com uma capital moderna e totalmente diferente de tudo quanto existia até então no Brasil.

Bem, mas vamos ao que intessa. Já estive em Brasília inúmeras vezes mas, a primeira vez que fui conhecer a capital federal foi em 1970 e, desta época, são as fotos aqui publicadas. Depois disso, não tenho mais fotos de Brasília e de seus monumentos e pontos turísticos. Tenho muitas fotos de reuniões, em salas fechadas.

Um dos pontos mais importantes e mais visitados pelos turistas é, evidentemente, o Palácio da Alvorada. Ele, era para ser, a residência oficial do Presidente do país. Sua construção é muito bonita, com pilastras curvas e todo branco. Em frente existe um lago com uma estátua de duas mulheres com os cabelos formando como que um bico. Muito interessante. Infelizmente não se pode chegar perto. As pessoas que o visitam ficam a uma distância muito grande do Palácio. Atualmente é o local onde se reúnem o Presidente do país com as mais diversas autoridades como Ministros, Deputados, Senadores, Chefes de Estado, etc. A residência do Presidente passou a ser na Granja do Torto.

 

Brasilia38
Ao fundo o Palácio da Alvorada

 

Outro ponto de grande destaque é a Praça dos Três Poderes onde está localizado também o Palácio da Alvorada, embora inacessível para o turista comum. Lá estão, em uma grande área, os três poderes da República, isto é, o próprio Palácio da Alvorada (Executivo), o Supremo Tribunal Federal (Justiça) e o Congresso Nacional (Legislativo), com suas duas abóbadas uma côncava e outra convexa, sede da Assembléia Federal Legislativa e do Senado.

 

Brasilia35
Congresso Nacional

 

Em frente ao STF existe uma estátua da Justiça conforme se vê na foto abaixo.

 

Brasilia39
Supremo Tribunal Federal (STF)

 

Na Praça dos Três Poderes existe também uma escultura de duas estátuas lado a lado conhecida como os  Candangos, símbolo de Brasília, conforme se vê na foto abaixo com o Palácio da Alvorada ao fundo. Os candangos eram como eram conhecidos os trabalhadores que foram construir Brasília na década de 50 do século passado.

 

Brasilia32
Os Candangos

 

Outro passeio imperdível é na Catedral de Brasília. Haviam me falado que era impossível a pessoa se encostar na parede e ficar descansando o pé como muitas pessoas fazem. E eu não entendia por que até chegar lá dentro. E se você não sabe por que, eu não vou falar. Visite a catedral e compreenda o por quê disso. É um monumento belíssimo com belos vitrais nas paredes.

 

Brasilia33
Catedral Metropolitana

 

 

Brasilia34
Interior da Catedral

 

Outra visita imperdível é no Palácio do Itamaraty, onde se localiza o Ministério das Relações Exteriores. A arquitetura é belíssima. Tem também o lago defronte e no espelho d’água uma escultura fantástica conhecida como o Meteoro. Veja as fotos abaixo. Note na primeira foto a escultura ao fundo.

 

Brasilia31
Palácio do Itamaraty

 

 

Brasilia30
Palácio do Itamaraty

Um lugar que também é muito visitado é o Museu Histórico de Brasília, localizado também na Praça dos Três Poderes, embora não represente nenhum deles. Em frente a este museu, pode ser vista uma escultura com a cabeça do ex-presidente Juscelino Kubitschek conforme se observa na foto abaixo, na qual se pode ler a seguinte inscrição: ” Ao Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, que desbravou o sertão e ergueu Brasília, com audácia, energia e confiança, a homenagem dos pioneiros que o ajudaram na grande aventura.

Brasilia37

Existem ainda dezenas de outros lugares para visitar mas, isto ficará para uma outra postagem. Se gostou, deixe um comentário. Inscreva-se no blog para receber as atualizações em seu email em primeira mão. Curta a página do blog no Facebook.

 

Novas fotos e informações sobre Guaramiranga – CE


Hoje vou trazer novas informações e fotos sobre um paraíso que visitei há mais de 20 anos e retornei para relembrar do lugar e poder postar aqui fotos deste recanto maravilhoso: Guaramiranga – CE. Estivemos lá em setembro de 2016. Vou postar fotos de alguns lugares visitados e oferecer algumas indicações preciosas para quem resolver visitar este paraíso.

Note ao lado esquerdo da foto a placa de bem vindo à cidade.

Para chegar até lá já falei numa postagem anterior que você pode ler clicando no link a seguir. Um cantinho escondido. Ficamos hospedados na pousada Casarão dos Uchôa, localizada no centro da cidade e próximo a tudo embora com pouco conforto mas muito agradável. Há muitas pousadas na cidade que podem ser escolhidas de acordo com suas conveniências e poder aquisitivo. Algumas localizam-se completamente fora da cidade e são bem isoladas como é o caso, por exemplo, do Vale das Nuvens, um local paradisíaco, incrustrado no meio da floresta. Para conhecer detalhes, clique no link para ser direcionada(o) ao site oficial do hotel.

 

Alguns lugares você não pode deixar de visitar pois são realmente belos como o Alto da Linha da Serra onde você encontra um restaurante circular no topo de um prédio de três andares com vista para todo o morro e, de onde se vê um dos mais belos pores de sol. Confira abaixo algumas fotos. Lá tem também uma pousada.

 

 

 

 

 

 

Outro lugar imperdível é o Restaurante Macario’s onde você poderá comer à beira de um lago cheio de vitórias régia onde você verá galinhas d’água, gansos e muitos pássaros dos mais variados comendo um bom peixe ou um foundue. É o único restaurante da cidade que fica aberto a semana inteira. Funciona até as 22 horas de domingo a quinta e até a meia noite nas sextas e sábados.

 

 

 

Ainda merece destaque o Restaurante Studio 70, localizado no centro da cidade também, bem próximo ao Teatro Rachel de Queiroz. Lá só funciona nos finais de semana mas, à noite, é um dos lugares mais interessantes para visitar com um cardápio variado e uma comida de boa qualidade. Os garçons Levi e Júnior são muito atenciosos e irão lhe atender muito bem. Durante o dia também funciona para o almoço mas o visual é bem apagadinho embora a qualidade da comida e do atendimento sejam os mesmos.

 

Outro passeio imperdível é a visita ao Mosteiro dos Capuchinhos onde, no caminho, você passa por uma via sacra que, para quem é religioso, é um colosso. E para quem não é, também é um passeio imperdível pois as paisagens são belíssimas como você pode conferir nas fotos abaixo.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na foto da direita acima eu estava subindo numa pedra para colher uma flor silvestre. Na foto da esquerda estou em frente a uma das Estações da Via Sacra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nas duas fotos acima se vê a longa subida até o convento com as estações da Via Sacra em um dos lados da subida. Nas fotos abaixo, a da direita se vê ao fundo, o Mosteiro dos Capuchinhos e na da esquerda é uma espécie de Belvedere de onde se tem uma linda visão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Valparaíso e Viña del Mar – Chile


Hoje quero postar algumas dicas e fotos de duas cidades encantadoras do Chile – Valparaíso e Viña del Mar. A primeira está localizada a cerca de 2 horas de Santiago (117 km), capital do Chile. O acesso é feito por rodovia de excelente qualidade. A segunda fica a pouco mais de 5 km de distância da primeira.

Chegamos ao Chile em março de 2013 através de um voo da TAM oriundo de São Paulo que foi contratado através da CVC. Fomos até Valparaiso e Viña del Mar numa excursão de ônibus que contratamos através do hotel aonde ficamos. O custo da passagem para as duas cidades cujo passeio durou o dia inteiro foi de apenas 34.000 pesos, o que, na época, equivalia a cerca de R$200,00. Hoje, este passeio está custando 32.400 pesos com a empresa Turistik de Santiago. É fácil encontrar.

Nela você encontrará um trem para subir num elevado de onde se tem uma belíssima vista da cidade. Passeio imperdível. Confira abaixo algumas fotos do local.

Clique para ampliar

Ao lado você vê os trilhos que levam até o mirante. O bilhete para o trem não está incluído no preço da viagem. Não recordo mais quanto foi que pagamos mas não é caro e vale a pena a visita. Não só pelo passeio no trenzinho como pela vista que se tem do mirante.

Abaixo é uma vista do mirante em Valparaíso. Nesse local você encontrará também várias lojinhas de sourvenires.

Clique para ampliar

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuando o passeio você irá desfrutar de várias construções na cidade. Tiramos também algumas fotos de casas do local. Confira as fotos abaixo. Para ampliá-las clique sobre elas.

Note que estamos em uma ladeira. Nós não descemos do mirante no trenzinho. O ônibus nos pegou lá próximo dele. Claro que existe a alternativa de você subir sem usar o trenzinho, portanto. Algumas outras fotos dos arredores logo a seguir.

Vista do mirante em Valparaíso
Vista lateral da subida do trenzinho em Valparaíso

 

Saimos de Valparaíso em direção a Viña del Mar que fica, a poucos minutos de  lá. Chegando em Val Paraíso, fizemos um rápido tour pela cidade e paramos para almoçar. A escolha era livre. Resolvemos almoçar em um belo restaurante à beiramar que, infelizmente, não recordo mais o nome. Mas tem muitas opções para você escolher. Tomamos um vinho delicioso e comemos um prato de lagosta. Uma maravilha!

 

Clique para ampliar

 

Ao terminarmos de almoçar, fomos olhar a praia e lá, eu não poderia deixar de molhar os pés nas águas de Viña del Mar no Chile. A água muito gelada.

Vista da praia em Viña del Mar
Vista da praia em Viña del Mar
Molhando os pés na praia em Viña del Mar
Saindo da água na praia em Viña del Mar

Em Valparaíso você encontra ainda o belo relógio das flores, local que lembra muito Garanhuns em Pernambuco, Brasil. Tiramos algumas fotos do lugar. Confira.

 

Visão do Castillo Wulff

Essa foto acima eu tirei porque em frente a este local estavam estacionadas diversas motos enormes. Creio até ter tirado uma foto em cima de uma delas mas não encontrei. Espero que tenha gostado das fotos e das dicas. Deixe um comentário agora. Ele é muito importante.

Curta a página do blog no Facebook

Cadastre seu email para receber as novidades

 

Roma – Cidade Eterna, Itália


Em 2010 fiz uma viagem para Europa onde, entre outros lugares, conheci uma cidade que há muito tinha desejo de visitar. Foi como se estivesse vivendo O candelabro italiano ao vivo. A cidade é simplesmente mágica. Tudo nela resplandece a sua antiguidade. E, em particular, as ruinas do Coliseu são uma coisa pra lhe deixar embasbacado.

Roma-mark 3

Não é à toa que é cognominada de Cidade Eterna. Monumentos como o Coliseu, construído quase um século antes de Cristo, ainda sobrevivem ao tempo e pode ser visitado por quem deseja beber um pouco de história como se estivesse revivendo o passado. Sim, pois você chega a sentir a energia das inúmeras mortes ali ocorridas. O Coliseu, como todos sabem era o local onde lutavam os gladiadores romanos para divertir os membros da nobresa italiana. É uma viagem inesquecível.

Roma-mark 8

Visitar também as igrejas, praças e cafés ao ar livre são passeios imperdíveis para quem está em Roma. Escolha para isso uma época adequada. Eu não pensei nisso e fui numa época não muito propícia. Fui no mês de julho, início do verão. Época de muito calor na Itália. Inclusive com algumas chuvas que chegaram a estragar alguns passeios. Felizmente, as chuvas não aconteceram enquanto estávamos em Roma.

Roma-mark 35

No entanto, a época foi bastante propícia às fotos. Todas ficaram muito lindas como podem ver no álbum algumas. Tiramos ao todo, mais de 500 fotos nessa viagem. Tive que sair às pressas procurando em uma loja um cartão de memória para poder tirar mais fotos. (não recordo mais se isso aconteceu em Roma ou em Paris)

Roma-mark 32

Duas praças são muito conhecidas e famosas em Roma: a Piazza Navona e a Fontana di Trevi. Na primeira você encontra a Fontana dei Quattro Fiumi, uma das fontes mais famosas de Roma. Nela você poderá também desfrutar dos inúmeros cafés ao ar livre e se sentir como se estivesse vivendo nos mais variados filmes italianos.

Roma-mark 10

Já na segunda, a Fontana di Trevi, você vivenciará, caso seja, como eu, um aficionado da sétima arte, uma sensação indescritível pois, foi lá onde foi filmada uma das cenas mais famosas do cinema mundial. Em La Dolce Vitta, Sylvia Rank (Anita Ekberg), dirigida por Fellini, entra na água e convida Marcello Rubini (Marcello Mastroianni) a juntar-se a ela. É um lindo monumento.

Roma-mark 2

Outra visita imperdível é o Vaticano, que como sabem é o menor país do mundo. O Vaticano está dentro de Roma. São apenas 44 hectares murados dentro de Roma. Lá você encontrará o Papa, se for na Basílica de São Pedro, a mais famosa de Roma. Lá as missas são celebradas pelo próprio papa, em pessoa. Além disso você poderá desfrutar ainda dos afescos de Michelangelo na Capela Sistina.

Roma-mark 38

A seguir um álbum com estas e outras fotos da Cidade Eterna.

São Miguel dos Milagres – AL


 

São Miguel dos Milagres

sao-miguel3-mark
Amanhecer visto da Pousada Corais dos Milagres

São Miguel dos Milagres foi o local que escolhemos para comemorar o meu aniversário que aconteceu no último final de semana, isto é, no último final de semana de janeiro de 2017. Fomos de carro pela BR-101 e em Água Preta voltamos para a PE-60 que é a via litorânea. Já a pegamos após Tamandaré, isto é, não pegamos o trânsito desta cidade de Tamandaré, nem de Porto de Galinhas que, agora nas férias, devia estar um caos. Alongou um pouco a viagem mas creio que valeu a pena.

sao-miguel-milagres1-mark
Ao chegarmos em Japaratinga, já em Alagoas, pegamos a balsa para atravessar o rio que leva até a via litorânea propriamente dita, onde se viaja com o mar ao nosso lado, a poucos metros de distância, ao longo de quase toda a via. Só esta viagem com esta visão deslumbrante já vale a pena. Deixo a seguir uma pequena amostra do que encontramos.

sao-miguel19-mark

Em Japaratinga encontramos um hotel maravilhoso e, logo após, atravessarmos a balsa. Nome do hotel? Hotel Bitingui, no qual entramos para avaliar visando futuras viagens. Preço ótimo, acomodações maravilhosas e uma vista extraordinária. Tomei até uma cerveja lá para já entrar no espírito das comemorações. Veja a seguir uma foto do local. Continuar lendo “São Miguel dos Milagres – AL”

Barra de São Miguel – AL


Barra de São Miguel
barra-sao-miguel-2mark

Cidade localizada no litoral norte do Estado, na periferia de Maceió, AL, distante de Recife – PE, aproximadamente 305 km. Para chegar você pode percorrer duas rotas: ou pelo litoral ou pela BR-101. A melhor é pela BR-101 pois além de mais curta é também melhor por ser em estrada quase toda duplicada. Se vier pelo sul, após Aracaju, você verá a sinalização para a entrada da cidade.

Fizemos esta viagem no último final de semana de dezembro de 2016.

barra-sao-miguel-1mark

A sinalização em Maceió é a pior possível. Você não vê uma única placa nas ruas. Nem tampouco na BR. Tem que ir na base da adivinhação ou, parando a cada esquina para perguntar. De Recife até entrar em Barra de São Miguel, não vimos uma única placa indicando o caminho. Depois descobrimos que, para quem vem pelo sul (Bahia, Aracaju, etc.) encontra boa sinalização.

barra-sao-miguel-3mark

A cidade conta com uma estrutura razoável de hotéis e pousadas mas tem pouquíssimas opções de alimentação. Um dos melhores locais para refeições é o restaurante da Vila Niquim. Serve bons pratos, não é caro e tem um bom atendimento. Se você tiver sorte de chegar num dia de um bom conjunto musical, ótimo. Senão, melhor pergar suas coisas e ir procurar outro local para comer. Eles servem uma cerveja CERPA bem geladinha e uma deliciosa cachaça alagoana chamada Caraçuipe. Recomendo a Ouro. Já os pratos são variados. Comemos um filé na manteiga delicioso. Mas você pode escolher entre diversas outras opções como peixe, camarão e frango.

Continuar lendo “Barra de São Miguel – AL”

Gramado – RS


gramado1

No último Natal (2015) estive em Gramado (RS) participando do Natal-Luz daquela cidade, É uma festa já tradicional que lá ocorre todo ano para festejar a data do nascimento de Cristo. Evidentemente, fiz muitas outras coisas. Inclusive, visitar Canela, cidade vizinha, distante de Gramado apenas uns 10 km e que é encantadora. Mas isso é assunto para outra postagem.

gramado2

Viajamos pela Gol e lá ficamos hospedados no Hotel Colina Premium, localizado no bairro Planalto. Fica pertinho do centro. Foi contratada uma empresa de turismo com a agente de turismo com quem compramos a viagem que foi uma péssima experiência. Não recomendo a ninguém. Todos os participantes da excursão (eram mais de 30) reclamaram. Eles só estavam preocupados em ganhar dinheiro, ou seja, ao inves de nos levar para lugares bonitos e atrativos, levavam-nos para lojas onde iríamos gastar para o guia ganhar a comissão dele. Uma péssima companhia. O nome? Vento Sul. Quem for a Gramado, fuja dessa empresa para evitar os dissabores que passamos. Quer um exemplo? Nós não visitamos o teleférico que nos leva através da cachoeira do Caracol mas, fomos em duas fábricas de chocolate. Quem vê uma vê dez. Todas são iguais e não tem o que conhecer depois de já ter visitado uma. Mas fomos em duas pois, na fábrica, há uma loja para venda de chocolates e o guia recebe comissão pelas compras que o grupo fizer. Perdemos cerca de duas horas em cada fábrica ao invés de estarmos visitando algum lugar diferente.

gramado3

Bem, mas Gramado é um lugar lindo. Lugares para visitar não faltam. E Canela também é encantadora. Fomos lá duas vezes. Uma com a empresa de turismo e outra por nossa conta. Há um ônibus que sai a cada 20 ou 30 minutos, bem barato, que leva você de uma cidade para outra e lhe trás de volta em poucos minutos. A distância entre as duas cidades é pequena. Menos de 10km. Continuar lendo “Gramado – RS”

Floresta do navio – PE


Mais conhecida por Floresta, esta cidade do sertão pernambucano fica a 433 km da capital, isto é, a uma distância praticamente idêntica à de Triunfo a Recife. A diferença é que, para chegar a Floresta, indo de Recife para Triunfo, um pouco depois de Arcoverde, deve-se dobrar à esquerda para ir para Floresta, e seguir em frente, para ir para Triunfo por mais cerca de 150 km. E de Arcoverde para Floresta são cerca de 160 km, ou seja, as distâncias entre Recife e as duas cidades são praticamente as mesmas.

floresta5
Por do sol chegando em Floresta com a visão de um Mandacarú à esquerda

Floresta é uma cidade muito gostosa, com aquele espírito de cidade antiga, onde as pessoas ainda colocam as cadeiras nas calçadas e ficam conversando à noite sob a luz das estrelas. O clima é muito quente, podendo chegar aos 40ºC mas, em julho, pode ficar abaixo dos 10ºC. A questão é que lá praticamente não chove. A precipitação pluviométrica é baixíssima. Cerca de 1 mm por ano no verão.

floresta2
Arquitetua de uma rua tombada no centro de Floresta

A cidade é muito agradável e tem muitas belezas. Infelizmente passamos apenas um dia por Continuar lendo “Floresta do navio – PE”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑